A maconha é discriminada

 

O consumo das drogas nunca vai parar. Há uma epidemia de consumo. As drogas que são usadas e abusadas são as drogas que mais podem trazer grandes consequências até a morte. Quando falo das drogas, eu faço uma inclusão de toda substância que altera a mente. O consumo da maconha em grandes quantidades pode criar muitos problemas, mas nós como cidadãos podemos cambiar a demonização dela. Temos que fazer um esforço para propôr uma legislação para legalizar e ou decriminializar a canábis. Ao fazer a maconha legal nós vamos ver que surgam uns probleminhas mas com o tempo teremos uma melhor economia e um melhor conhecimento dos usos dela.

O uso medicinal da maconha já está legalizada nos EUA. Há muitas pessoas que ficam com doenças graves como câncer, AIDS, glaucoma, etc. que são tratadas com o consumo da canábis com uma prescrição de um médico. Temos políticos como Bernie Sanders e Hillary Clinton que tem falado que temos que legalizar a maconha ao nível federal. Ao fazer isto podemos ter mais médicos e cientistas fazer pesquisas para poder saber mais sobre quais outros usos mecininais tem a erva.

Mas não é só legalizada e pronto. Vamos ter que encarar problemas ao legalizá-la, mas os problemas vão ser menos que as vantagens. O governo tem que ter controle, eles são os que decidem como vai se regular e como vamos combater o uso das drogas mais perigosas.

Todos vão fumar?

Claro que não, nem todos são a favor da legalização. Algumas pessoas acham que é um vício; é, mas é a coisa menor de muitos males. Mas pode ser e pode não ser um vício. Muitas pessoas que conseguem seus cartões para poder consumir medicamente podem fazê-lo, e é porque é legal. Por exemplo, há pessoas que não precisam de maconha mas bebem muito  álcool. Também há pessoas que não precisam de álcool mas fumam muitos cigarros. Além disso, ha pessoas que só usam a maconha recreativamente.

O consumo recreativo da maconha é muito prevalente aqui em Tucson. Nós ficamos muito perto a fronteira de México e quando uma cidade fica perto de outra cidade onde o tráfico de drogas é galopante, sempre vai haver acceso às drogas. A maconha é uma das drogas que é muito traficada. Depois de assistir as notícias , assistir documentários e ler jornais sobre a erva polémica, o estado e o governo pode ter controle sobre a cultivação e sobre a administração da droga assim como o fazem com outros fármacos e outras substâncias.

Da mesma maneira, há pessoas que consomem álcool de maneira recreativa, mas temos leis que não permitem que as pessoas dirijam um carro sob a influência do álcool ou outras substâncias que alteram a mente. Então a maconha pode ser regularizada e principalmente pode haver legislação para pôr leis que protegerem a população e ao consumidor. Segundo o Washington Post, depois de analisar os dados publicados do Departamento de Rendimento (Department of Revenue), o lucro devido às ventas de canábis em 2014 foi de $386 milhões e desses $386 milhões, $313 milhões foram somente de impostos e $13 milhões adicionais coletados das licenças que fossem outorgadas.

Em resumo, a cultivação também criaria muito lucro para o estado de Arizona. O tráfico de drogas não vai acabar, mas podemos olhar uma diminuição em ofensas violentas pelo tráfico da maconha. Os cartéis não teriam muito interesse em tráficar iss já e menos pessoas morreriam por uma simple erva. A luta não seria fácil, más com a legalização teriamos menos problemas com o tráfico, a economia e o estigma da machonha e também menos estigmas das pessoas que consumem a maconha.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s