Pulgarsinho

By: Evelyn Peralta

Durante uma manhã de primaveira, em uma janela acordaba um menino muito especial. Ele era muito pequeno, tanto que sé media 20 centímetros.

-Hmm que dia tão lindo! – Disse Pulgarsinho.

-Bom dia filio! Parece que a Primavera começou! – Disse. sua mãe

-Sim! É o dia perfeito pra aventura mãe! –

Pulgarsinho sempre foi um menino que gostava das novas experiências e também de aventura. Ele sempre quis viajar por o grande mundo sim que sua altura fosse um fator. Seu mãe não gostava disso porque ela tinha medo de que ele fosse sofri no mundo.

-Você tem que ir de verdade hoje? – Disse a mãe enquanto que o Pulgarsinho prepara seu bagagem.

-Mãe, você sabe que sim, hoje é meu aniversário, eu já tenho 17 anos! E posso viajar como nós acordamos. – falo Pulgarsinho enquanto terminou sua bagagem e começou a jantar a comida que a mãe tinha pra ele, despois ele deu um beijo em sua mãe.

-Eu sei que você não precisa de meus cuidados mais. Mas eu vou ficar assustada todo o tempo que eu não possa estar com você. – falou a mãe ao limpar uma de suas lágrimas.

-Não se preocupe mãe, eu só quer saber mais de mim, eu quero saber por que é que eu sou tão diferente. –

Agora começou a sua aventura a viajar! Ele começou por um pequeno rio, tomou uma folha e feita em um barco para viajar no rio. Depois de dias e dias de viagem, o rio levou-o para uma floresta. Pulgarsinho estava ficando sem comida, por isso ele decidiu explorar este novo terreno na floresta.

Como ele se aventurou na floresta, ele ouviu um grito que parecia vir de uma menina. Quando ele finalmente localizou de onde o grito vinha ele percebeu que era acima dele, pendurada em uma perna, de corvos ficou uma pequena menina assim como ele!

Ele rapidamente tentou salvá-la usando uma filial para impulsionar uma rocha no corvo e atingindo-o na cabeça.

-Funcionou!-

A menina foi agora caindo no ar e já não gritar. Pulgarsinho correu para ela e conseguiu pegá-la com todo o seu corpo! A menina que caiu sobre ele estava inconsciente é o corvo não está mais lá. Pulgarsinho decidiu olhar para o barco e levar a menina com ele. Ele encontrou o que parecia ser uma floresta de flores altas que poderia cobri-los dos animais maiores.

Ele pegou a menina e, finalmente, deu uma boa olhada nela. Ela parecia estar perto de sua idade, ela tinha longos cabelos castanhos e era linda. Pulgarsinho tentou acordá-la.

– Ei menina! Acorda! Você está bem? Acorda! – Disse ele enquanto ele gentilmente a sacudia.

A menina começou a abrir os olhos delicadamente, e quando o viu, ela gritou de novo!

– Quem é você?! E onde estamos nós? –

– Meu nome é Pulgarsinho, acalme-se, estamos em uma floresta, mas eu não estou familiarizado com este lugar. E você? –

– Meu nome é Pulgarsinha a herdeira para o reino de pessoas minúsculas. Você deve ser um de nós, mas eu não conheço. –

– Eu? Uma de suas pessoas? –

-Sim Você, por que mais você seria tão pequeno demais? venha comigo para o meu reino e você vai entender! –

Pulgarsinho tinha um novo caminho antes dele agora, um povo que ele poderia pertence! Começava um novo capítulo em sua vida para explorar e novas aventuras para viver.

-Inspirado no filme mexicano “Pulgarcito”

Para aqueles que gostariam de ver o filme o link está abaixo.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s